Óscar Tavares defende criação de um instituto de medicina legal

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,19 out 2018 12:50

Presidente do Conselho da Magistratura do Ministério Público, Óscar Tavares
Presidente do Conselho da Magistratura do Ministério Público, Óscar Tavares (Rádio Morabeza)

O Presidente do Conselho da Magistratura do Ministério Público realça a necessidade de instalação de um instituto de medicina legal em Cabo Verde. Posição foi defendida por Óscar Tavares, também Procurador-Geral da República, em declarações aos jornalistas, depois de ser ouvido pela Comissão Especializada de Assuntos Constitucionais, Direitos Humanos, Segurança e Reforma do Estado, no Parlamento.

Óscar Tavares diz que a instalação do instituto permitirá ter exames policiais a tempo, com bons resultados.

"Um elemento crucial para que possamos ter exames policiais em tempo e com a qualidade que permita que se possa ter bons resultados nesta matéria”, avança

Óscar Tavares fala também da necessidade de se instalar um departamento central da Policia Nacional, bem como estruturar melhor a investigação criminal.

"Ressaltar a necessidade da Policia Nacional fazer a instalação de um departamento central de investigação criminal, de nomear os directores desse departamento, estruturar a investigação a nível nacional, de forma que possam, na pequena e media criminalidade, tal qual estabelece a lei de investigação criminal, coadjuvar e auxiliar o Ministério Público",explica

O Presidente do Conselho da Magistratura do Ministério Público, Óscar Tavares, manifestou a sua preocupação com o volume de averiguações oficiosas de paternidade.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,19 out 2018 12:50

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  11 jul 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.