A educação em Cabo Verde não vai bem- SINDEP

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,7 mai 2021 12:29

Presidente do Sindicato Nacional dos Professores, Jorge Cardoso
Presidente do Sindicato Nacional dos Professores, Jorge Cardoso

Para o presidente do SINDEP o governo deve sentar-se à mesa com os parceiros sociais para encontrar uma solução para o ensino por causa dos prejuízos causados pela pandemia.

Jorge Cardoso, que falava à Rádio Morabeza, diz que dificilmente será cumprido o programa escolar.

"Um aluno a ter três aulas por semana, dificilmente será cumprido o programa para cada ano lectivo, de modo que é extremamente complicado. Nós entendemos e é a nossa opinião que o governo deve repensar, dialogar com os parceiros sociais e ver a melhor forma de colmatar estas lacunas porque de facto nós vamos mal, e estamos cada vez piores ", explica

Jorge Cardoso declara que o SINDEP está a tentar que o governo vacine todos os professores contra a COVID-19.

"Nós tivemos o conhecimento que estávamos na prioridades das prioridades, mas o governo inverteu a situação. Não entendemos, não compreendemos. Nós achamos que o professor, ou pessoal docente sendo uma pessoa que labuta, com muitas pessoas deveria ser prioridade das prioridades, de modo que nós alertamos o governo para terem isso em consideração. Com a proliferação da contaminação da COVID-19 em todo país, nós pensamos que a comunidade educativa e principalmente os professores deverão ser uma prioridade das prioridades, para o governo e para todo o mundo", avança.

Jorge Cardoso termina dizendo que o SINDEP está à espera da tomada de posse do novo governo para apresentar o manifesto sobre o covid-19 e a resolução das pendências que afectam os professores.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,7 mai 2021 12:29

Editado porAndre Amaral  em  19 jun 2021 23:21

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.