PAICV alerta para “cobrança de taxas adicionais” nas escolas que causam graves problemas às famílias

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,19 set 2022 14:10

Membro da Comissão política do PAICV, Paula Moeda
Membro da Comissão política do PAICV, Paula Moeda Rádio Morabeza

O PAICV exige o fim da cobrança das taxas adicionais que, segundo diz, têm sido cobradas ilegalmente nas escolas. A exigência foi feita esta manhã em conferência de imprensa por Paula Moeda, membro da Comissão política do maior partido da oposição.

A responsável diz que as cobranças nas escolas causam graves problemas às famílias.

“Já em si em dificuldades, devendo o Governo garantir os necessários recursos para as despesas de funcionamento das escolas e a sustentabilidade do ensino. Ademais, tornou-se um absurdo para as economias familiares suportarem o súbito encarecimento do nível de vida, e o aumento do custo dos materiais escolares, dos transportes e de todos os outros inerentes à frequência de um aluno no sistema escolar” afirma.

Paula Moeda pede ao Governo que aumente o orçamento de Estado para o sector de educação para o ano de 2023.

“O PAICV exorta o Governo a agir com acrescida atenção, através do aumento do orçamento do Estado para o ano de 2023 no sector da educação, especialmente no reforço das verbas destinadas à alimentação nas escolas através das cantinas escolares para o ensino básico e o alargamento ao ensino secundário, nomeadamente para os alunos das famílias mais afectadas pela crise que têm de percorrer longas distâncias entre a escola e os locais de residência” explica.

Sobre as políticas em matéria de educação que estão sendo implementadas , Paula Moeda, frisa que muitas delas são inadequadas , como por exemplo a criação da nova rede escolar , caso dos agrupamentos escolares , o sistema de avaliação quer de alunos quer de professores , as pendências da classe docente que até hoje permanecem afetando grandemente a classe, entre outros, demonstram que o Ministério da Educação fez um recuo a nível das políticas educativas e que precisa de recuperar o selo de qualidade. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,19 set 2022 14:10

Editado porAndre Amaral  em  5 out 2022 23:28

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.