​MpD "preocupado" com situação dos transportes aéreos

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,12 jul 2018 12:53

O MpD diz-se preocupado com o cancelamento de mais de 55 voos, que afectaram cerca de 7.550 passageiros, por falta de aviões na Cabo Verde Airlines. A posição do partido no poder foi manifestada hoje, durante uma conferência de imprensa, em São Vicente.

O líder da bancada parlamentar, Rui Figueiredo Soares, lamenta a situação e promete pedir garantias do Governo para a resolução do problema o mais depressa possível.

“Sabemos que é uma situação lamentável e que poderia ser corrigida e evitada atempadamente. Não foi. Esta indústria é muito frágil em alguns aspectos, muito exigente e as explicações dadas é que aconteceu um conjunto de imprevistos que levaram a que um dos aviões que deveriam estar aqui em regime de aluguer não conseguiu as certificações necessárias. Naturalmente vemos isso com muita preocupação e vamos pedir ao Governo que nos dê garantias da resolução, o mais depressa possível, desta questão”, diz.

Também a nível doméstico, neste momento, o país depara-se com problemas no sector. Em causa, a escassez de lugares nos voos da Binter Cabo Verde para São Vicente, até 14 de Agosto. O MpD diz que tem garantias do executivo de que se trata de uma situação transitória e que será brevemente resolvida.

“O senhor ministro disse-nos que a questão seria resolvida esta semana, mas nós sabemos que nessa matéria nem sempre é fácil conseguir melhores soluções”, assegura.

O transporte de carga aérea para a indústria em São Vicente e voos da TACV a partir da ilha do Monte Cara são outras reivindicações. Rui Figueiredo Soares promete uma intervenção do partido no poder junto do Governo para que se possa encontrar uma solução.

“Continuamos a batalhar e a insistir junto do Governo que se encontre uma solução para o transporte de carga aérea. Continua a haver a questão do transporte de São Vicente para as outras ilhas, que não seja a ilha de Santiago e vamos levar esta questão e ver como é que a própria Binter, que tem estado a fazer um trabalho em regra geral meritório, poderá ajustar as suas rotas para impedir, por exemplo, que pessoas que se fazem uma viagem de São Vicente para Lisboa tenham de ficar uma noite no Sal, sem terem onde pernoitar”, promete.

Questionado sobre a possibilidade de voos internacionais da Cabo Verde Airlines para São Vicente, o líder da bancada da maioria diz que é uma possibilidade já assumida pelo Governo, lembrado que a empresa está a passar por um processo de privatização, que irá ditar as regras de gestão.

O MpD falava hoje em conferência de imprensa, em São Vicente, após uma visita de cerca de uma semana à ilha do Monte Cara, tendo em vista a preparação do debate sobre o estado da nação agendado para o dia 27, no Parlamento.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,12 jul 2018 12:53

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.