Concessão dos aeroportos pode acontecer "ainda este ano"

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,22 fev 2019 7:25

Primeiro-Ministro de visita ao aeroporto da Praia
Primeiro-Ministro de visita ao aeroporto da Praia(Gabinete do Primeiro-Ministro)

​O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, confirmou quinta-feira a concessão dos aeroportos nacionais, mediante a “escolha de parceiro estratégico”, o que “pode acontecer ainda este ano”.

“Uma das vantagens da concessão e da escolha de um bom parceiro é aumentar o fluxo de passageiros”, com aumento possível do número de voos, estima o chefe do executivo.

Para o chefe do Governo, que falava à imprensa no final de uma visita ao Aeroporto Internacional Nelson Mandela (Praia), a FIR-Oceânica “continuará a ser gerida por uma entidade pública”, enquanto a gestão dos aeroportos “será concessionada”.

A concessão das infra-estruturas aeroportuárias acontecerá depois da elaboração do quadro legislativo “que está a ser trabalhado” e partir daí será “fechado um bom parceiro estratégico”.

Questionado sobre se a escolha do tal parceiro estratégico passará por concurso público, Ulisses Correia e Silva afirmou que isto “será definido na lei”.

O Primeiro-Ministro falava aos jornalistas durante uma visita ao aeroporto da Praia, e disse ter ficado “agradavelmente surpreendido”.

“Estas obras colocam o aeroporto da Praia como um aeroporto moderno e com maior nível de eficiência e segurança e com capacidade de expansão futura, em termos de serviços e de números de voos”, afirmou.

Ulisses comentou também a operação da TACV para o aeroporto da Praia.

“Mesmo a TACV (Cabo Verde Airlines) a voar a partir do Sal, no conceito “hub”, não impede que faça voos a partir da Cidade da Praia, desde que haja rentabilidade comercial”, precisou.

“Eventualmente, no futuro, o país terá mais aeroportos internacionais”, para serem “pontos de serviço e de apoio ao aumento do fluxo do turismo”, acrescentou.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,22 fev 2019 7:25

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 jul 2019 23:22

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.