Ana Touza é a nova representante da FAO em Cabo Verde

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,18 mar 2019 15:59

Ana Touza, Luís Filipe Tavares
Ana Touza, Luís Filipe Tavares(Rádio Morabeza)

Desenvolver a economia rural, a agricultura familiar e as cadeias de valor são algumas das prioridades do programa da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) em Cabo Verde , estabelecidas por Ana Touza, em declarações aos jornalistas, no acto de entrega das Cartas Credenciais ao Ministro dos Negócios Estrangeiros.

A nova representante da FAO recorda que o actual programa prolonga-se até 2022.

"Também temos programa de resiliência, temos programa de economia azul, das pescas, temos uma variedade de programas que são as prioridades que estamos a trabalhar. Temos um programa conjunto com o governo", estabelece.

No que diz respeito à seca, Ana Touza recorda que há programas a serem desenvolvidos em todas as ilhas.

"Nós temos experiência técnica, somos uma organização técnica das Nações Unidas, que tem muito conhecimento, mas também trabalha em parceria com os países. Estamos aqui para apoiar a trabalhar conjuntamente e temos muitos programas para desenvolver em todas as ilhas de Cabo Verde", avança.

A partir de terça-feira, a FAO promove, com os parceiros locais, um evento sobre a problemática da escassez da água. Mais de 200 especialistas em gestão de águas agrícolas de todo o mundo vão estar reunidos no primeiro Fórum Internacional sobre Escassez de Água na Agricultura, que decorre na cidade da Praia. Trata-se de um evento organizado no contexto do Quadro Global para a Água na Agricultura (WASAG) sob o patrocínio do Governo de Cabo Verde, em colaboração com a Organização para a Alimentação e a Agricultura (FAO), agência especializada das Nações Unidas, o Ministério das Políticas Agrícolas, Alimentares e Florestais da Itália e o Serviço Federal de Agricultura da Suíça (FOAG).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,18 mar 2019 15:59

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  8 dez 2019 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.