Quinto e sexto anos com aulas de informática

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,22 jul 2019 11:30

Sofia Figueiredo, Maritza Rosabal
Sofia Figueiredo, Maritza Rosabal(Rádio Morabeza)

O Ministério da Educação vai reforçar a gestão escolar já a partir do ano lectivo 2019/2020. A revelação foi feita pela ministra da Educação, à margem da abertura do atelier “(Re) Pensar TIC em Educação”, que arrancou hoje, na cidade da Praia. Informática chega aos alunos do quinto e sexto anos.

Maritza Rosabal recorda que existe um pacote que vai permitir aos alunos das zonas isoladas terem acesso a tablets.

"Mas o grande desafio não é disponibilizar o equipamento, o grande desafio é saber como vamos capitalizar este equipamento e como os docentes se vão apropriar deste novo paradigma, que é precisamente as TIC, que são a base para a vida. Todo o mundo quando termina o oitavo ano de escolaridade tem que estar preparado, familiarizado, etc", explica.

Questionada sobre se este ano lectivo haverá aulas de informática no ensino básico, a ministra responde que sim, no quinto e no sexto ano.

"Teremos. Temos módulos de 30 horas no ensino básico. É uma das questões que está aqui a ser vista. Temos os módulos para precisamente o quinto e o sexto ano de escolaridade”, avança.

O atelier “(Re) Pensar TIC em Educação” tem por objectivo orientar os professores e coordenadores da área das Tecnologias de Informação e Comunicação a se apropriarem das possibilidades que as TIC oferecem em ambiente escolar.

O atelier é promovido pelo Ministério da Educação e nesta primeira fase é destinado aos professores da ilha de Santiago

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,22 jul 2019 11:30

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 set 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.