Governo avança com criação da Zona Económica Especial para as Tecnologias

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,23 jul 2019 13:03

Isaías Barreto, Olavo Correia, Alvin Gong
Isaías Barreto, Olavo Correia, Alvin Gong

O Governo vai avançar com a criação da Zona Económica Especial para as Tecnologias. A revelação foi feita hoje, pelo vice-Primeiro-Ministro e ministro da Finanças, no acto de abertura do workshop “Promovendo a 5.ª Geração de Comunicações Móveis em Cabo Verde” promovido pela Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME).

Olavo Correia refere que o Governo vai investir para criar condições de infra-estruturas, um bom quadro regulatório e um bom quadro legal, para convidar as empresas nacionais e estrangeiras a fazerem de Cabo Verde um arquipélago digital

"Nessa zona tudo aquilo que tem a ver com custos adicionais desnecessários vai ser free, free de impostos para pessoas e colectivas, free de impostos em relação ao IVA, free de impostos em relação aos custos aduaneiros, iniciativas para-fiscais, desde que salvaguardemos aquilo que é compromisso nosso em matéria de cumprimento de regras fiscais internacionais", explica.

Olavo Correia recorda que o país já tem um parque tecnológico mas não especificou para quando e onde irá ficar localizada a zona económica. Contudo, garantiu que no quadro do Orçamento de Estado para 2020 vão começar a ser criadas as condições para a sua materialização.

"Ficará fechada em 2020 toda a parte de infra-estrutura e vamos trabalhar já numa agenda, com equipa técnica dedicada, para que possamos atrair grande empresas tecnológicas, por um lado, mas também criar um ecossistema para que as start up cabo-verdianas e jovens cabo-verdianos que estão a olhar para Cabo Verde, pelos desafios, que estão a crer criar soluções para vencer os desafios de Cabo Verde, possam ter oportunidades de financiamento, de apoio empresarial, condição de espaço, de acesso mais barato à Internet, para que também jovens cabo-verdianos possam inovar, possam criar soluções para servir melhor Cabo Verde", avança.

O workshop “Promovendo a 5.ª Geração de Comunicações Móveis em Cabo Verde”, promovido pela Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME), tem por objectivo reunir os stakeholders do sector das comunicações, nomeadamente, o Governo, os operadores, o sector privado e as academias e debater as oportunidades oferecidas pela quinta geração móvel.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,23 jul 2019 13:03

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  19 set 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.