Coronavírus: O dia em revista

PorAndre Amaral,29 abr 2020 18:45

Zero, nenhum, nada. Hoje Cabo Verde não teve qualquer caso confirmado de COVID-19. Já no que respeita à política e à politização do tema que marca a actualidade, a conversa muda de figura.

Há sete casos suspeitos de infecção. "3 na Praia, 3 em São Vicente e 1 em Santa Catarina" e um total de 225 amostras pendentes. Mas como não pode haver uma boa notícia sem que haja outra má a acompanhar, o Director do Serviço de Prevenção e Controlo de Doenças, alertou para a discriminação de que familiares e contactos de casos confirmados têm sido alvo. 

Especialmente na Praia e na Boa Vista.

O Ministério da Saúde, disse então Jorge Barreto, tem estado a receber queixas de atitudes desse género "direccionadas a familiares e a contactos de casos que foram confirmados". Por isso, reforçou Jorge Barreto, "apelamos a que as pessoas tenham bom senso, muita tranquilidade e muita calma para que possamos continuar a gerir a epidemia da forma mais tranquila possível".

Na política, os ânimos estiveram 'quentes' na Assembleia Nacional. Sim, eu sei que a sessão parlamentar foi ontem, mas não deixa de ser notícia hoje, especialmente por causa da hora tardia a que acabaram os trabalhos. Já passava das 22h30 quando os deputados deixaram a Sala das Sessões.

O que fica desta sessão? As noticias de que o governo suspendeu todos os processos de privatização e concessão em curso e, também, que máscaras e álcool gel vão ter lucro limitado.

Em relação ao primeiro tema, as privatizações e concessões, Olavo Correia, ministro das Finanças, garantiu que estes processos ficaram “suspensos até melhor oportunidade”.

Em causa, segundo a oposição, nomeadamente os deputados do PAICV, está a publicação oficial, em Março, do regime jurídico de alienação do capital social de Cabo Verde Handling ou da autorização à Empresa Nacional de Administração dos Portos (ENAPOR) para subconcessionar a gestão e serviços portuários.

Já no que respeita ao segundo assunto, o responsável pela pasta das Finanças assumiu que Cabo Verde tem capacidade interna para produzir pelo menos máscaras sociais faciais, estimando que possam ser vendidas à volta de 150 escudos por unidade.

Entre outras medidas, a lei prevê a atribuição de incentivos aduaneiros e de isenção de IVA na importação e transmissão deste material - incluindo ventiladores - ou da matéria-prima para a sua produção, a favor de empresas certificadas e autorizadas para produção de EPI, indústria farmacêutica, estruturas de saúde e ao Instituto Nacional de Saúde Pública, entre outros.

Destaque ainda para São Vicente. Dois temas foram, hoje, notícia na ilha do Monte Cara. O apoio social dado às famílias e a expectativa da Câmara Municipal em relação ao pós-2 de Maio.

Sugestão para hoje

Estamos todos cansados desta quarentena e do Estado de Emergência. De não podermos ir à praia ou sair, sequer, de casa sem que haja uma absoluta necessidade.

Por isso, como uma das sugestões de hoje deixo-vos uma leitura interessante. Leiam aqui e depois pensem se estamos mesmo todos cansados de estar de quarentena.

A minha segunda sugestão para hoje ajuda a aliviar estes dias de confinamento. E adaptando o velho ditado, se nós não vamos aos museus, que venham os museus até nós. 25 de uma vez só.

Até amanhã.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,29 abr 2020 18:45

Editado porSara Almeida  em  31 mai 2020 6:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.