Moeda única exige "reflexão profunda"

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,28 mai 2018 12:38

1

Aderir à moeda única da CEDEAO exige uma reflexão "profunda e criteriosa", diz o Presidente da Assembleia Nacional. Jorge Santos fez estas declarações aos jornalistas à margem da primeira Semana da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), sob o tema “A CEDEAO e os Desafios da Integração Regional: Modelos, Dinâmicas e Perspectivas”, promovida pela Universidade de Cabo Verde (UniCV).

O presidente do parlamento recorda a importância do tema e diz que Cabo Verde está a analisar o dossier, para depois se posicionar sobre a adesão à moeda.

"A união monetária foi criada, neste momento funciona, Cabo Verde ainda não é membro. É um objectivo da CEDEAO, em 2020, construir uma moeda única. Cabo Verde está a posicionar-se neste momento sobre esta importante questão. A adesão a este projecto é algo que exige uma reflexão profunda e uma análise criteriosa das especificidades de Cabo Verde como país arquipelágico", avança. 

Para Odair Varela, da UniCV, Cabo Verde podia ter feito mais no seu processo de integração, nomeadamente a nível dos desafios de segurança e da economia.

“A nível da rectificação dos protocolos, a nível de tentativa de colocação de quadros na CEDEAO, e isso agora notou-se, recentemente, na questão da eleição do presidente da comissão da CEDEAO, em que, por ventura, se tivéssemos feito um pouco mais a nível da diplomacia, por exemplo, se tivéssemos uma embaixada em Abuja, maior aproximação diplomática na CEDEAO, por ventura, não teríamos perdido esse cargo", explica.

A 1ª Semana da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental decorre de hoje até 31 de Maio, na UniCV, cidade da Praia, com o objectivo de socializar temas pertinentes, envolvendo questões da integração regional. O evento enquadra-se nos 43 anos de existência da CEDEAO, que se assinalam hoje. Desde 1976 que Cabo Verde é membro da organização. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,28 mai 2018 12:38

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  14 nov 2018 3:23

1

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.