​Governo pede convergência para alinhar sistema educativo com padrões de qualidade internacionais

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,12 out 2022 12:31

O ministro da educação, Amadeu Cruz, pede a criação de um quadro de convergência nacional para alinhar o sistema de ensino aos padrões de qualidade dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). O governante diz que as reformas em curso visam a qualificação do sistema de ensino, mas lembra que o processo não fica concluído num mandato.

O governante falava no parlamento, na primeira sessão do novo ano parlamentar que arrancou com o debate sobre o sistema educativo.

“O Ministério da Educação tem estado a desenvolver um conjunto de acções visando a qualificação do sistema de ensino, desde logo ao a ambição maior do sistema de ensino aos padrões de qualidade dos países da OCDE. Mas é um processo. Isto não se consegue num único mandato. É por isso que temos que criar um quadro de convergência, um quadro de pacto para podermos de facto implementar as reformas tendentes a concretizar estas medidas”, diz.

Amadeu Cruz reafirma a estratégia delineada para alcançar a ambição de integrar Cabo Verde nos rankings internacionais, nomeadamente o Pisa, que é a principal avaliação internacional de desempenho escolar. A tutela diz-se aberta a propostas concretas de todos os partidos.

“Temos esta estratégia delineada a par da melhoria das infra-estruturas, dos laboratórios, da transição digital, etc. O que pedimos aos senhores deputados é que apresentem propostas concretas para que o Governo possa avaliar e talvez absorver as boas propostas”, solicita.

Antes, durante a sua intervenção inicial, o PAICV, através do deputado Luís Pires, já tinha solicitado um pacto em prol da educação.

“O nosso apelo é estabelecermos um pacto em prol da educação sempre que o interesse for reforçar a resiliência, aumentar a qualidade e não deixar ninguém para trás”, disse.

A primeira sessão do ano parlamentar arrancou hoje na Assembleia Nacional. Da agenda fazem parte ainda a aprovação da proposta de lei que aprova o regime geral a política florestal e a proposta de lei que procede à primeira alteração ao regime jurídico relativo às armas e suas munições, aprovado em Maio de 2013.

Os sujeitos parlamentares vão debruçar-se também sobre o projecto de resolução que solicita ao Tribunal de Contas a realização de uma auditoria às obras de construção do novo mercado do município da Praia. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,12 out 2022 12:31

Editado porSara Almeida  em  5 fev 2023 23:27

pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.