​Debate sobre o estado da Nação marca o fim do ano parlamentar

Os deputados reúnem-se de hoje a quarta-feira, na Assembleia Nacional, para a sessão plenária que marca o fim do ano parlamentar. O debate sobre o estado da Nação é o ponto alto da agenda, e acontece no dia 31.

Sobre o assunto, a oposição e a situação não se entendem. O PAICV, através do deputado e líder da bancada parlamentar, Rui Semedo, já disse que o Estado da Nação "não é bom" e que o Governo tem "poucas obras para mostrar".

Do lado da UCID, António Monteiro, em entrevista à última edição impressa do jornal Expresso das Ilhas, fala de governação suficiente.

Posição contrária tem o MpD. A deputada do partido no poder, Anilda Tavares entende que o país "está de boa saúde".

O debate sobre o estado da Nação acontece só na quarta-feira, mas os trabalhos arrancam hoje. Da agenda faz parte, para votação final global, a proposta de lei que define a pensão financeira à atribuir às vítimas de tortura e maus tratos ocorridos em São Vicente e Santo Antão, durante o regime do partido único. Igualmente para votação final global, está na agenda o Estatuto dos Militares.

Os deputados vão debruçar-se sobre a proposta de resolução relativa à Conta Geral do Estado do ano 2014, assim como votar a proposta de resolução que aprova a prorrogação do prazo para os trabalhos da Comissão Eventual de Reforma do Parlamento.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Rádio Morabeza, Expresso das Ilhas,29 jul 2019 8:38

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  5 dez 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.