Investment Forum apresentado na Praia

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,20 mar 2019 13:38

Olavo Correia
Olavo Correia(Ministério das Finanças)

500 milhões de euros é o montante mínimo de investimento que o Governo espera mobilizar, junto dos parceiros, durante a primeira edição do Cabo Verde Investment Forum (CVIF), em Julho, no Sal. Contas feitas pelo vice-Primeiro-Ministro, Olavo Correia, esta manhã, na Praia.

O titular da pasta das Finanças falava na capital, durante a apresentação do evento, e quer que os privados se preparem e lembra que uma ideia não é um projecto.

"Os projectos tem de ser bancáveis, têm que ser bem montados, têm de ter uma boa estrutura de capital, têm de ter mercado. Os promotores têm de ter um track record de sucesso. Temos de reunir as condições para que os projectos possam ser financiáveis e bancáveis. O sector privado tem de se preparar, porque um projecto não é uma ideia ", explica.

O fórum de investimento tem como principal objectivo a construção de parcerias, particularmente no sector privado, bem como fazer e fechar negócios, além de mobilizar recursos. Olavo Correia avança que o encontro quer ser um espaço de criação de oportunidades.

"Ou juntos teremos sucessos, ou juntos teremos insucessos e essa parceria com o sector privado tem que ser uma parceria de confiança, uma parceria de previsibilidade, uma parceria de compromisso. Estamos de acordo que nem tudo esta óptimo, temos a noção clara das dificuldades que temos ainda”, afirma.

Governo promove fórum de investimento que "não é para muitas conversas"

O ministro das Finanças reafirmou segunda-feira, no Sal, durante o lançamento público da iniciativa Cabo Verde Investment Fórum a ambição do Governo em trazer mais investidores para Cabo Verde nos próximos tempos. Olavo quer projectos concretos e menos conversa.

A organização do CVIF é assegurada por uma comissão executiva, liderada pela Direcção Nacional de Planeamento, do Ministério das Finanças e pela Bolsa de Valores de Cabo Verde, com envolvimento de outras organizações.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,20 mar 2019 13:38

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  24 mai 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.