Coronavírus: O dia em revista

PorExpresso das Ilhas,16 mar 2020 17:14

Para o ajudar a manter-se informado sobre a pandemia de Covid-19, em Cabo Verde e no Mundo, o Expresso das Ilhas online disponibiliza, a partir de hoje, um resumo diário com as principais notícias do dia sobre o tema. Todos os dias, ao fim da tarde.

Foi ontem à noite avançada uma notícia que Cabo Verde esperava há algum tempo: o país já está a fazer testes de despiste do novo coronavírus. O anúncio foi feito pelo Ministro da Saúde em entrevista à Televisão de Cabo Verde (TCV). 

Assim, os testes que até agora eram realizados no Instituto Nacional Ricardo Jorge em Portugal, passam a ser realizados no Laboratório de Virologia do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP), situado no Hospital Agostinho Neto, na cidade da Praia. A primeira análise feita no país foi ao caso suspeito registado na Boa Vista e cujos resultados deram negativo.

Até ao momento, houve em Cabo Vede sete casos suspeitos, seis dos quais tiveram resultados negativos nos testes. Aguarda-se (por enquanto...) apenas o resultado a um caso suspeito em Ribeira Grande, Santo Antão, resultado que deverá ser divulgado a qualquer momento. 

Entretanto, as medidas preconizadas pelo (actual) Plano de Contingência do governo já estão em curso e sucedem-se os eventos cancelados, pela entidades organizadoras. Hoje, juntou-se-lhes o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas, que anunciou o encerramento, com efeitos imediatos, de todos os espaços culturais do Estado sob a sua tutela. 

Os municípios também estão a aplicar medidas preventivas. A Câmara Municipal de São Vicente cancelou toda a programação cultural e as autorizações para realização de eventos na via pública, pracetas e recintos desportivos. O Palácio do Povo, sob tutela da autarquia, estará encerrado a partir de amanhã, 17 de Março.

Já na sexta-feira, a Câmara Municipal de Santa Catarina, em Santiago, tinha tomado uma decisão semelhante, ao suspender todas as actividades relativas ao Março Mês da Mulher, Dia Mundial da Poesia, bem como o evento Teatro & Dança.

Na mesma linha, também as embaixadas de Cabo Verde estão a tomar medidas face à propagação de coronavírus e contingências tomadas, neste caso, nos países de acolhimento. A embaixada de Cabo Verde avisou que irá condicionar o atendimento ao público. O atendimento presencial na Embaixada de Cabo Verde em Lisboa apenas será efectuado nas situações em que a presença do interessado seja“absolutamente necessária e no caso se tratar de 'uma situação de urgência'", disse em comunicado. 

No Senegal, onde já há 24 casos confirmados, foi encerrada a Universidade Cheick Anta Diop de Dakar, bem como a sua residência estudantil. A embaixada de Cabo Verde em Dakar divulgou que irá apoiar os estudantes, que são obrigados a abandonar as instalações a partir de hoje, com o pagamento da renda de "dois ou três quartos" para a instalação

O impacto do coronavírus já está a fazer-se sentir na economia do país, particularmente junto ao sector turístico. Após a sucessão de cancelamento de voos da CVA (rotas Lagos, Porto Alegre e Washington), no Fogo, os operadores revelam que as reservas para passagens e alojamento estão a ser canceladas. A ilha, que no final de Abril começa as celebrações de uma das festas mais emblemáticas de Cabo Verde – A festa da Bandeira - deverá também respeitar o plano de contingência e limitar essas actividades festivas.

editorial do EI, hoje publicado no online fala também desse impacto, mas num âmbito mais alargado. "A questão que se poderá colocar é, se na sequência da crise que se avizinha, se a globalização será reforçada ou, se pelo contrário, haverá uma retracção nas relações entre as nações... ", lê-se.

COVID-19 no Mundo

Europa pondera restringir as viagens para o espaço Schengen durante os próximos 30 dias (pelo menos). O objectivo, conforme a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, é tentar conter a propagação do novo coronavírus e evitar pressionar mais os sistemas de saúde no espaço comunitário. Há “excepções para os cidadãos da UE que queiram regressar a casa, para os trabalhadores dos sistemas de saúde – como médicos, enfermeiros e também cientistas que estão a trabalhar numa solução para esta crise –, e ainda para residentes e trabalhadores fronteiriços”, precisou.

O coronavírus continua a espalhar-se pelo mundo. Surgiram os primeiros casos na Tanzânia, Somália e Benim, subindo assim para 29 o número de países africanos afectados pela pandemia. Há, pelo menos 350 casos confirmados no continente.

Ainda sobre África, a Comissão Económica das Nações Unidas para a África (CEA) alerta para o golpe que o coronavírus dará no crescimento do continente. Além das perdas em sectores como o turismo e o comércio (exportações), “o continente precisará de até 10,6 mil milhões de dólares em aumentos inesperados nos gastos com saúde”. 

Em Portugal, que conta com 331 infectados e que  já impôs medidas de isolamento alargadas para contenção do vírus, morreu hoje a primeira pessoas por Covid-19. A primeira vítima portuguesa desta pandemia é um homem, octogenário, que estava internado no Hospital de Santa Maria em Lisboa. O senhor tinha já “várias patologias associadas”, disse a ministra da saúde daquele país. 

Números

Quando as mortes e casos são tantos que já não é possível dar nome a todos, ficam os (impessoais) números.

Até às 17h desta segunda-feira, contabilizavam-se 179.226 casos de infecção em todo o mundo, 77.866 dos quais recuperados. O número de mortes, também a nível mundial, é de 6.690.

(fonte: https://coronavirus.thebaselab.com/ às 17h de dia 16/03)

A gripe “normal” mata mais do que o covid-19?

Não. Apesar de todas as semelhanças que se possam apontar, a mortalidade por gripe sazonal é de 0,1% dos doentes. Não se sabe ainda ao certo qual a mortalidade do novo coronavírus, mas estima-se que seja entre 2 a 4%, ou seja 20 a 40 vezes maior do que a da gripe. A única pandémica gripal que pode ser comparável a esta, é a gripe espanhola que há cerca de um século (1918), matou entre 50 a 100 milhões de pessoas no espaço de dois anos, apresentando uma taxa de mortalidade de 2 a 5% dos doentes. 

Sugestão do dia

O Ministério da Saúde da Arábia Saudita divulgou um vídeo que alerta, de forma simples, para a importância de lavar as mãos. No vídeo é possível ver, através de ums cor florescente, como é feita a propagação, mostrando como essa contaminação se processa e como um gesto simples pode cortar a cadeia de transmissão.

Veja o vídeo

O encerramento de museus em Cabo Verde e no Mundo não é desculpa para que alguns dos museus mais conhecidos a nível internacional não sejam visitados. Não é bem a mesma coisa, mas até que a pandemia passe (e haja dinheiro para as visitas presenciais) pode fazer uma visita online a vários museus. Veja aqui.

Lembrete!

Para informações/esclarecimentos e procedimentos em caso de sintomas suspeitos não se esqueça do número para o qual deve ligar: 8001112 (Linha Verde Covid-19) 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,16 mar 2020 17:14

Editado porSara Almeida  em  25 set 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.