Coronavírus: O dia em revista

PorExpresso das Ilhas,6 abr 2020 18:57

O dia começou com uma boa notícia: os testes aos sete casos suspeitos de São Vicente deram negativos. E ao fim da tarde, soube-se que esta segunda-feira não somou mais casos suspeitos. Falta, entretanto, conhecer dois resultados da Boa Vista.

As amostram aos dois casos suspeitos da ilha das Dunas deverão chegar hoje à Praia, para realização do teste de despiste.

Quanto aos sete casos suspeitos de São Vicente, cujos testes não acusaram a presença do novo coronavírus, dizem respeito a pessoas que tiveram contacto próximo e directo (familiares e profissionais de saúde) com a paciente de Mindelo. O resultado negativo, salvaguardam as autoridades sanitárias, não implica que se descarte a vigilância “activa e rigorosa” aos contactos, bem como a investigação epidemiológica.

Tal como o resultado negativo, ao paciente da Praia, em teste feito após o tratamento, não significa que o cidadão nacional de 43 possa ser considerado "recuperado". Seguimento ao longo de vários dias e exames complementares serão ainda realizados antes de se poder afirmar esse estado.

Estas foram informações passadas pelo Director Nacional da Saúde, Artur Correia, e pela XXX do Instituto Nacional de Saúde Pública, Maria da Luz Mendonça, na conferência diária sobre a COVID-19.

Hoje foi também dia de balanço em termos do cumprimento (ou melhor, incumprimento) do estado de emergência por parte dos cidadãos. Mais de 1000 estabelecimentos comerciais fechados, 1025 pessoas identificadas, 40 detidas, 24 apresentadas ao Ministério Público. 203 viaturas apreendidas. Estes são alguns números do estado de emergência apresentados pelo Director Nacional da Polícia Nacional, Emanuel Moreno.

Anildo Morais, Chefe de Estado Maior das Forças Armadas, por seu turno destacou o trabalho que tem vindo a ser efectuado pela Guarda Costeira. De acordo com o CEMFA, foram fiscalizados 63 navios e realizadas 11 missões, num total de 153 horas de navegação em missões de transporte de amostras de casos suspeitos de infecção das diversas ilhas para a Praia.

Os dois responsáveis das Forças de Segurança apresentaram as estatísticas no âmbito da reunião, hoje de manhã, com o Primeiro-ministro. Na ocasião, Ulisses Correia e Silva pediu serenidade à população de São Vicente, após o surgimento do primeiro caso confirmado de COVID-19 na ilha. Na mensagem, replicadas nas redes sociais, o Primeiro-ministro, apela também a um maior rigor no cumprimento das regras de isolamento social e de protecção individual, e à confiança nos profissionais de saúde.

Ainda números: cerca de 500.000 máscaras de protecção, 200.000 luvas, 30.000 batas impermeáveis, 20.000 viseiras de protecção, 20.000 testes rápidos, kits de transporte de testes, entre outros materiais. Esta é a lista de compras de Cabo Verde, em equipamentos de protecção individual para a prevenção da COVID-19. O negócio já está fechado com uma empresa chinesa, e contou com a intermediação da própria embaixada da China em Cabo Verde, como explica Bruno Santos, Director do Gabinete de Assuntos Farmacêuticos.

A aquisição acontece no âmbito do financiamento do Banco Mundial, anunciado na semana passada, financiamento esse que servira também para adquirir 30 ventiladores e vários materiais para equipar o laboratório de virologia.

COVID-19 no Mundo

Falando em equipamentos: o governo francês viu-se obrigado a devolver os quatro milhões de máscaras de protecção que tinham sido confiscadas a uma empresa sueca que trabalha em Lyon. O stock de máscaras deveria ser enviado para Espanha e, também, uma parte para Itália – os dois países europeus mais afectados pela pandemia de COVID-19 – mas o material foi confiscado a 5 de Março, com base num decreto do Presidente Emmanuel Macron que autorizava a requisição pública de todos os materiais necessários para conter a pandemia no país. Agora a França devolveu o Material. (Observador)

Mas a guerra dos materiais não ocorre só na França. Esta peça do Observador/LUSA faz um apanhado desta ‘guerra’ mundial...

O director-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, anunciou, que a OMS irá emitir novas directrizes sobre o uso de máscaras em público para apoiar os países que decidiram implementar o seu uso mais generalizado. Mas .... com reservas. “Encorajamos os países que estão a considerar introduzir as máscaras para a população em geral a estudarem a sua eficácia. As máscaras por si só não conseguem parar a pandemia. Os países têm de continuar a testar todos os casos e a rastrear todos os contactos”, precisou. (Expresso)

São Tomé e Príncipe detectou quatro casos positivos de infecção pelo novo coronavírus, os primeiros registados neste país. Apenas 3 países em África continuam sem casos: Comores, República Sarauí e Lesoto. (LUSA)

Ainda em África, conta a LUSA que “dezenas de pessoas destruíram durante a noite um centro de combate à COVID-19 que estava a ser instalado num bairro populoso da capital económica da Costa do Marfim, Abidjan, por receios de contágio”. As máquinas que estavam a ser usadas na construção do edifício que irá servir de centro de testes para detectar infecções foram saqueadas e queimadas. A multidão alegou que o centro ficava muito próximo das habitações. (LUSA)

Números

Ao fim da tarde desta segunda-feira, contabilizavam-se 1.329.305 casos de infecção em todo o mundo 277.640 dos quais recuperados. O número de mortes é 73.842.

(fonte: https://coronavirus.thebaselab.com/ às 18h01 de dia 06/04)

Cabo Verde conta com 7 infectados e 1 morte.

Os Estados Unidos são, neste momento, o país onde mais mortes ocorrem diariamente. Em 24h faleceram 1200 pessoas. Em Itália, registou-se um aumento em relação aos dias anteriores, com 636 mortes.

Sugestão do dia

A imagem é um pouco apocalíptica e até, talvez, alarmista. Mas serve o intuito de reforçar a importância de #FikaNaKaza. Anda a circular nas redes sociais e não foi possível aferir a sua autoria, para o devido crédito.

image

Anteriores:

16/03/2020 | 17/03/2020 | 18/03/2020 | 19/03/2020 | 20/03/2020 | 21/03/2020 | 22/03/2020 | 23/03/2020 | 24/03/2020 | 25/03/2020 | 26/03/2020 | 27/03/2020 | 28/03/2020 | 29/03/2020 | 30/03/2020 | 31/03/2020 | 01/04/2020 | 02/04/2020 | 03/04/2020 | 04/04/2020 | 05/04/2020 | 06/04/2020

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,6 abr 2020 18:57

Editado porSara Almeida  em  3 jun 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.