Coronavírus: O dia em revista

PorSara Almeida,22 abr 2020 19:27

Avolumam-se amostras a serem testadas, num momento em que se intensifica o controlo ao vírus, também por via do teste de despiste. Ao todo há 116 resultados pendentes, de casos suspeitos (9) e contactos espalhados por Santiago, Boa Vista e Sal. Hoje o número de casos confirmados no país elevou-se 73, com cinco pessoas que foram identificados na Praia.

O concelho da Praia tem, segundo o INE, 71 zonas/bairros. Excluindo os que não pertencem à cidade, ficamos com cerca de metade. E desses cerca 33 Bairros, em cinco já foram diagnosticados casos. Quase 1/6 da cidade, portanto, sendo expectável que a “mancha” geográfica se alargue, evolutivamente. 

“Isso é evolutivo, há muitas amostras pendentes. Amanhã de certeza teremos mais e vamos ver se conseguimos não ter vários bairros, mantendo os cinco. Mas é imprevisível", explicou o Director Nacional de Saúde, Artur Correia, na conferência diária sobre a COVID-19.

Amostras pendentes são, como referido 116, com a entrada de uma nova ilha nos suspeitos: o Sal, com 11 casos suspeitos.

No país há 73 pessoas em internamento na Boa Vista (52), na Praia (19), Tarrafal (1), São Vicente (1).

"Isolamento ou quarentena domiciliar" atinge, neste momento, 300 pessoas em todo o país, incluindo ilhas onde não se registam casos, como Santo Antão.

Em Cabo Verde, revelou o Ministro da Saúde, hoje na sessão parlamentar, já foram realizados 1500 testes a 342 casos em estudo. A discrepância tem a ver com os protocolos de confirmação dos resultados, explicou.

No Parlamento, a COVID-19 e seus impactos dominou, como já sabia, o debate. O PAICV sugeriu a criação de um mecanismo de acompanhamento pelo Parlamento da execução das medidas tomadas pelo Governo, devido aos alegados atrasos na concretização das decisões, nomeadamente do ponto de vista económico. O Governo sublinha que tem trabalhado em várias frentes, mormente na prevenção, antecipação e em linha com as melhores práticas internacionais.

Entretanto, e tal como já havia sido anunciado, o governo vai avançar com um programa de regresso a casa para as pessoas que se encontram retidas em ilhas que não a da sua residência devido às medidas de restrição de movimentos inter-ilhas. Foi já publicada no Boletim Oficial de segunda-feira a resolução que cria e rege este programa. As regras podem ser vistas aqui

COVID-19 no Mundo

Vários países estão a começar a “aligeirar” os confinamentos. Economia e saúde (mental, mas não só) dos cidadãos, entre outras questões, a isso obrigam. A abertura da época balnear no hemisfério norte está a pouco tempo de começar e o que serão as praias em meio da pandemia já está em discussão. Em Portugal, as regras completas vão sair a 6 de Maio, mas já se sabe cada praia vai ter um número máximo de utentes em simultâneo. (Expresso)

Em Espanha, também ainda não há orientações mas as regiões autónomas já avançaram com propostas. A Junta da Andaluzia, por exemplo, propõe que a costa seja “reaberta” em Julho, e com limitação da lotação por forma a manter distâncias de segurança de “vários metros”, com fiscalização policial. Na ilha de Albarella, em Itália, foi elaborado um plano de reabertura, que impõe uma área mínima de 40 m2 para cada chapéu de sol, desinfecção de passadiços e espreguiçadeiras e uso obrigatório de chinelos e máscara no acesso ao areal. Também em Itália, uma empresa criou umas caixas de acrílico com 4,5 por 4,5 metros de largura para isolar cada par de espreguiçadeiras. A empresa, cita o Expresso, já recebeu, pedidos de muitos concessionários e o projecto está a ser estudado em várias regiões do país. (Expresso.pt)

Este é um tema que tem, obviamente, importância, mas bem mais grave do que a falta de banhos de sol e mar, é a questão da Fome.

"O mundo está à beira de uma pandemia de fome. Se não se agir imediatamente, dentro de alguns meses haverá fome de proporções bíblicas", David Beasley, diretor da Agência das Nações Unidas para a Alimentação

Um relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) apresentado hoje, concluiu que cerca de 135 milhões de pessoas em 55 países tiveram insegurança alimentar aguda em 2019. 183 milhões de pessoas foram classificadas como estando sob stress entre a fome aguda. E é enfatizado o risco de cair numa situação de crise ou pior, em caso de choques ou stress, como a pandemia da COVID-19. Como referiu o director da FAO, acima citado, a ameaça da pandemia da fome é real. Muito real...

O Líbano regista 677 pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 21 mortos. Mas foi registado hoje um caso que é particularmente preocupante: o primeiro caso dectado num campo de refugiados palestinianos, em Baalbek (o campo de Wavel). “A propagação da pandemia entre os refugiados sírios e palestinianos é uma das principais preocupações das organizações não-governamentais referindo a elevada densidade populacional nos campos e a existência de famílias numerosas.” No Líbano encontram-se neste momento 174 mil refugiados palestinianos, de acordo com os relatórios oficiais. O número pode ser superior, ultrapassando o meio milhão de palestinianos. (Lusa via SIC Notícias)

Números

Ao fim da tarde desta quinta-feira, contabilizavam-se 2.609.871 casos de infecção em todo o mundo (2.530.919, ontem), 714.202 dos quais recuperados (669.433, ontem). O número de mortes é de 182.207 (175.370, ontem).

(fonte: https://coronavirus.thebaselab.com/ às 18h05 de dia 22/04)

Sugestão do dia

Sabia que “uma só partícula viral de SARS-CoV-2 pode fazer até 100.000 cópias de si mesma em apenas 24horas?” e que “pelo contrário, o sistema imunitário tarde entre 15 e 21 dias a montar uma resposta completa contra o vírus”?

Cerca de 80% dos infectados pelo novo coronavírus mantém-se assintomáticos. E apesar do elevado número de mortes que o vírus já provocou em todo o mundo, na maior parte dos casos o sistema imunitário “acaba por ganhar a batalha”. Esta infografia do El País, mostra como. E pode ler a reportagem completa aqui.

image


Anteriores:

16/03/2020 | 17/03/2020 | 18/03/2020 | 19/03/2020 | 20/03/2020 | 21/03/2020 | 22/03/2020 | 23/03/2020 | 24/03/2020 | 25/03/2020 | 26/03/2020 | 27/03/2020 | 28/03/2020 | 29/03/2020 | 30/03/2020 | 31/03/2020 | 01/04/2020 | 02/04/2020 | 03/04/2020 | 04/04/2020 | 05/04/2020 | 06/04/2020 | 07/04/2020 | 08/04/2020 | 09/04/2020 | 10/04/2020 | 11/04/2020 | 12/04/2020 | 13/04/2020 | 14/04/2020 | 15/04/2020 | 16/04/2020 | 17/04/2020 | 18/04/2020 | 19/04/2020 | 20/04/202021/04/2020

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,22 abr 2020 19:27

Editado porSara Almeida  em  2 ago 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.