Coronavírus: O dia em revista

PorSara Almeida,5 mai 2020 19:34

Há vários dias que os casos de COVID-19 registados no país estão num único sítio: a Praia. Hoje “apareceram” mais 11. É a capital que tem alimentado sozinha o crescente número total de casos no país, que já vai em 186. E, tendo em conta a taxa de incidência que se está a verificar, só é expectável que mais casos surjam.

Só em amostras pendentes, há 252, 218 das quais referentes a residentes na Praia. E embora hoje o caso (só houve um) suspeito identificado seja de São Filipe, “vão aparecer mais casos” na capital.

No entanto, o grau dessa ‘inevitabilidade’ está também nas mãos da população.

“No campo da teoria os dados apontam para que possam aparecer mais casos, mas isso vai depender daquilo que nós formos capazes de fazer. Nós Saúde, nós população", referiu o Director Nacional de Saúde na conferência diária.

O número de casos aumentou na população em geral, e também dentro de alguns grupos específicos. Na Polícia Nacional, soubemos na semana passada, havia 5 casos de COVID-19. Esta semana já vamos nos 13....

Em São Vicente, a situação parece ter estagnado no tal caso, único, conhecido há várias semanas mas que ainda não “negativou”. (Embora se acrescente os outros dois casos, que entratam nos registos já como recuperados), e a ilha saiu do estado de emergência no domingo. Hoje, o presidente da Câmara Municipal, Augusto Neves, pediu contenção e reforço de medidas preventivas, para evitar a propagação da COVID-19. E garantiu que tudo está a ser feito para a retoma da normalidade na ilha. Uma das prioridades em cima da mesa é a retoma das ligações São Vicente e Santo Antão, já reivindicada pelos autarcas santo-antonenses, e também defendida, mediante a adopção dos devidos cuidados por Augusto Neves. “As ilhas não podem viver de forma separada”, disse.

Depois de, ontem, o Director Nacional da Saúde ter dito que "ninguém tem o direito de pôr em causa os ganhos de todos os cabo-verdianos", hoje foi a vez do Presidente da República criticar os “desobedientes” às instruções contra o coronavírus, a que também apelidou de “heróis completamente equivocados”.

“Se o problema fosse apenas de exposição individual à doença e ao perigo de vida, até se poderia aceitar um estranho modo de enfrentar riscos, de exercício da autonomia individual. Porém, o «herói», afinal, pode ser um perigoso inimigo de outrem e, a partir deste, de outros tantos, e aí por diante. De uma comunidade inteira”, escreveu o chefe de Estado, nas redes sociais.

Hoje assinalou-se o dia Mundial da Língua Portuguesa, pela primeira vez “oficialmente”. As celebrações foram adaptadas aos tempos que se vivem, com cerimónia e um concerto 'online'. Em Cabo Verde, a Universidade de Cabo Verde, a Cátedra de Eugénio Tavares da Língua Portuguesa, o Camões Instituto e o Leitorado Brasileiro promovem esta terça-feira, online, o primeiro “Encontro cabo-verdiano da língua portuguesa”. O encontro decorreu via `sites´ dessas instituições e nas redes sociais.

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Comércio, Domésticos e Serviços (SNTDS) denunciou hoje, ao Expresso das ilhas despedimentos e não pagamento dos salários das empregadas domésticas durante o estado de emergência. Ângela Lopes, presidente do sindicato recorda ainda que as empregadas domésticas não foram abrangidas pelas medidas excepcionais do Governo e que não estão enquadradas no subsídio de desemprego. É uma classe que ficou social e economicamente desprotegida no meio de todas as medidas de protecção contra o novo coronavírus...

COVID-19 no Mundo

Já muito se tem escrito sobre o impacto do coronavírus no turismo mundial. O The Guardian publicou ontem uma peça sobre o impacto num nicho turístico, que também é afectado em Cabo Verde: turismo étnico negro ou turismo cultural negro.... Mais concretamente, o “turismo” escolhido pelo afro-americanos que viajam, geralmente escolhendo por destino países onde têm raízes. Quase 17% dos afro-americanos fazem uma ou mais viagens internacionais por ano, indica a reportagem. Agora estão em casa. Vai ser uma quebra tremenda, só neste nicho que estava em crescimento: “Segundo um estudo da Mandala, um grupo de investigação de marketing, o valor económico dos viajantes afro-americanos aumentou de 48 mil milhões de dólares para 63 mil milhões de dólares entre 2010 e 2018.”

Entre esses viajantes, quem mais gasta são os “viajantes culturais e genealógicos.” O viajante médio desse grupo gasta 2.078 dólares por viagem contra 1.345 dólares para todos os turistas afro-americanos.

As perdas ameaçam especialmente as nações das Caraíbas e de África, onde as viagens dos negros americanos se tinham tornado uma indústria vital e em crescimento, em grande parte estimuladas por laços culturais e patrimoniais. O Banco Africano de Desenvolvimento estima que alguns países poderão ver as suas economias encolher em média 3,3% este ano. Pontos turísticos populares como as Seicheles, Cabo Verde, a Maurícia e a Gâmbia poderão registar uma contracção de até 7%, lê-se ainda no The Guardian.

O nicho estava já a ser fortemente explorado por países como o Gana, que em 2019 lançou a campanha Ano do Regresso, que “atraiu pessoas de ascendência africana a visitar o país no 400º ano desde o início do tráfico de escravos no Atlântico”. O país bateu, nesse ano, o recorde de uma milhão de visitantes estrangeiros.

A comunidade de cabo-verdianos nos Estados Unidos é, como se sabe, enorme. E a cada ano mais e mais vinham conhecer a sua terra de origem, embora sem que tenha havido nenhuma iniciativa de monta para atrair esse público. Cabo Verde estava também a dar um bom passo, através da companhia aérea entretanto privatizada, na potencial atracção outros turistas afro-americanos com a rota Lagos – Washington. O programa stopover no Sal poderia ter aqui um relevante papel. Entretanto o surto de COVID-19 tornou-se uma pandemia... Os voos para a cidade nigeriana foram suspensos a 13 de Março... e agora.. vamos ver...

No NYT, uma reportagem sobre outros fluxos de mobilidade: a migração. E, de acordo com o jornal nova-iorquino “os trabalhadores não deixaram de viajar apenas em busca de trabalho. Muitos também regressaram aos seus países de origem.” O abrigo La 72, no sul do México, que acolhe migrantes que tentam chegar aos EUA, teve um número recorde de visitantes em 2019 (aliás, o ano passado vários recordes de mobilidade foram batidos). Chegou a abrigar mais de duas mil pessoas por mês. Desde finais de Março, “não passaram mais de 100 migrantes pelo abrigo. E quase todos se dirigiam para sul, tentando regressar às suas casas na América Central.”

Mudando de assunto: afinal, as crianças transmitem ou não o coronavírus? A Suíça diz que não, e portanto, as crianças já podem reencontrar-se com os avós, em encontros com direitos a abraços. As autoridades científicas não sabem, e portanto, apelam a que o melhor é ter cautela. (Observador)

Números mundiais

Ao fim da tarde desta terça-feira registavam-se 3,710,380 casos de infecção (3.611.044 casos ontem) dos quais 1,235,477 recuperados (1.171.046 ontem). Já 256,920 pessoas morreram devido ao novo coronavírus (250.125 ontem).

(fonte: https://coronavirus.thebaselab.com/ às 19h02 de dia 05/05)

Sugestão do Dia

A sugestão de hoje, ou melhor, sugestões são de Cabo Verde e sobre Cabo Verde. A TCV em parceria com a Associação Cinema e Audiovisual de Cabo Verde está passar às terças, quintas e sextas-feiras cinema-berdiano. O Ciclo de cinema nacional #TerranaKaza começou no dia 28 e pelo pequeno ecrã já passaram o documentário “Inimigo Público #1”, de Mário V.Almeida, a "Revolução nos Rabelados", documentário de Mário Benvindo Cabral e o filme de ficção Djon África de Filipa Reis e João Miller Guerra.

#TerranaKaza, hoje às 22h com o filme Mor, de Neu Lopes

image

///

Anteriores:

16/03/2020 | 17/03/2020 | 18/03/2020 | 19/03/2020 | 20/03/2020 | 21/03/2020 | 22/03/2020 | 23/03/2020 | 24/03/2020 | 25/03/2020 | 26/03/2020 | 27/03/2020 | 28/03/2020 | 29/03/2020 | 30/03/2020 | 31/03/2020 | 01/04/2020 | 02/04/2020 | 03/04/2020 | 04/04/2020 | 05/04/2020 | 06/04/2020 | 07/04/2020 | 08/04/2020 | 09/04/2020 | 10/04/2020 | 11/04/2020 | 12/04/2020 | 13/04/2020 | 14/04/2020 | 15/04/2020 | 16/04/2020 | 17/04/2020 | 18/04/2020 | 19/04/2020 | 20/04/2020 | 21/04/2020 | 22/04/2020 | 23/04/2020 | 24/04/2020 | 25/04/2020 | 26/04/2020 | 27/04/2020 | 28/04/2020 | 29/04/2020 | 30/04/2020 | 01/05/2020 | 02/05/2020 | 03/05/202004/05/2020

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,5 mai 2020 19:34

Editado porSara Almeida  em  3 jun 2020 11:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.