Coronavírus: O dia em revista

PorSara Almeida,18 mai 2020 19:10

Desde sábado que não há registo de novos casos porque o equipamento que realiza os testes está “em manutenção”. Sem números nacionais actualizados para mostrar, em termos de infecções novas, a conferência diária de hoje fez da situação geral da COVID-19 em Cabo Verde e avançou dados sobre suspeitos, testes e outras questões.

O equipamento do laboratório de Virologia está em manutenção e por isso não tem sido possível avançar com os testes à COVID-19. Uma situação que as autoridades sanitárias antevêem que não se torne a repetir, tendo em conta os novos aparelhos que estarão para chegar. Assim, hoje, tal como ontem, não há resultados. Mas há outros dados: seis suspeitos, cinco dos quais em Santa Cruz, concelho onde 75 pessoas foram colocadas em quarentena. Há, no país, 85 recuperados. Outros dados aqui. Ainda a acrescentar que da prisão de São Martinho estão pendentes dois testes. Todos os outros "suspeitos" terão dado negativo, segundo afirmou o Director Nacional da Saúde, Artur Correia.

Na educação, o 12.º ano de escolaridade é o que tem gerado maior preocupação junto à comunidade educativa, por ser o ano que abre caminho para a Universidade. Hoje começaram as aulas para alunos desse ano, em todas as ilhas, excepto Santiago (que está sob estado de emergência). As aulas não têm carácter obrigatório, a avaliação será feita com base no primeiro e segundo trimestres (há semelhança dos outros anos de escolaridade) e há a possibilidade de realização de prova de recurso, para os alunos que queiram melhorar notas. Em declarações à Inforpress, Eleonora Sousa adiantou, na passada sexta-feira, que, com excepção a ilha de Santiago, todos os outros concelhos arrancam as aulas presenciais hoje, dia 18.

O quarto período do estado de emergência em Santiago trouxe porem alguma “abertura” em outros serviços e as câmaras municipais da ilha já estão a iniciar alguns atendimentos e actividades. Veja, por exemplo, o que foi retomado nos dois maiores municípios de Santiago, Praia e Santa Catarina.

Câmaras e educação. A FICASE revelou hoje que está a apoiar os estudantes deslocados. As câmaras do Fogo já estavam a prestar esse apoio, que a FICASE veio generalizar. 125 universitários deslocados vão receber um subsídio num valor de 5 mil escudos. Até agora, 26 alunos já foram contemplados.

Sem casos novos a registar, embora não por uma boa razão (mas sim porque o material não está a funcionar, como referido), é certo que eles vão surgir. Em que quantidade, não se sabe, mas é necessário precaver hoje, para ter condições de resposta. Assim, no Estado Nacional, um dos hospitais de campanha da Capital, está já a ser preparada mais uma ala para receber 40 doentes de COVID-19. Outra infra-estrutura desportiva que poderá ser usada para o mesmo fim é o Pavilhão Vavá Duarte, que, conformer adiantou o seu gestor, está à disposição das autoridades de saúde para receber pacientes.

Hoje celebra-se o dia dos Museus, no meio de uma crise geral que também afecta o sector museológico. Ainda não há nenhum estudo sobre o impacto da COVID-19 neste sector, mas perspectiva-se que será “grande”, dependendo do tempo de duração desta crise pandémica. Considerações da directora dos museus de Cabo Verde, Samira Silva, que recorda que a “crise” veio depois de um ano de de “maior afluência”. “Em 2019, os nossos museus totalizaram cerca de 30.000 visitantes dos quais 20.070 (69%) foram turistas estrangeiros, 5.244 (18%) foram estudantes e 13% foram nacionais”, conta. Esta ano tudo será diferente. Entretanto, devido ao confinamento, o IPC disponibilizou visitas virtuais para quatro dos oito museus que estão na tutela do Ministério da Cultura e Indústrias Criativas, designadamente o Museu Etnográfico da Praia, Museu do Sal, Museu da Tabanca e o Museu da Resistência.

COVID-19 no Mundo

Não ao Fecho de fronteiras, afinal, sim ao fecho de fronteiras. Não ao uso generalizado de máscaras, afinal, sim ao uso generalizado de máscaras. O novo coronavírus mantém-se nas superfícies e pode ser transmitido por estas... afinal talvez não... Mais um afinal da Organização Mundial de Saúde que diz ainda não ter encontrado evidências conclusivas de que o novo coronavírus se possa alastrar através do contacto com uma superfície artificial, como maçanetas das portas ou teclados...

A Chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciaram, esta segunda-feira, numa conferência de imprensa conjunta, que chegaram a acordo para lançar um fundo de 500 mil milhões de euros para financiar a recuperação económica dos países mais afectados pela crise provocada pela COVID-19. Esta solução será integrada no quadro mais geral do plano de recuperação que está a ser preparado pela Comissão Europeia – de dois biliões de euros – e que divide os Estados-membros do Norte e do Sul do bloco europeu. (Público)

Na Bélgica, 14 790 pessoas morreram no mês de Abril; a pior taxa desde a Segunda Guerra Mundial, quando o país esteve sob ocupação nazi, de acordo com um estudo. O total é substancialmente mais elevado do que o número normal de mortos nesse mês (inferior a 9.000 pessoas) segundo os investigadores da Vrije Universiteit Brussel (VUB) (The Guardian).

Outro estudo, publicado pela revista Frontiers in Medicine vem mostrar que o novo coronavírus já circulava silenciosamente em Wuhan, no centro da China, em Outubro passado, e alastrou-se "aleatoriamente e sem mostrar sinais epidémicos". O estudo conclui que, embora o surto tenha sido oficialmente anunciado em Dezembro de 2019, depois de dezenas de casos de infecção ligados a um mercado terem sido diagnosticados em Wuhan, análises da filogenética indicam que o coronavírus estava em dormência desde Outubro naquela cidade na província chinesa de Hubei. "Nesta fase de latência, a infecção seguiu o seu curso silencioso", afirmou a equipa de investigadores. (RTP)

image
image" style="box-sizing: inherit; border-style: none; margin-bottom: 0.5rem; border-radius: 0.25rem !important;

Continua o Ramadão e em toda a África Ocidental, os países têm cada vez mais dificuldade em manter as mesquitas fechadas durante este período, mesmo com os casos confirmados de vírus a aumentarem e os testes continuarem a ser limitados. O mês santo é já uma época de maior devoção espiritual para os muçulmanos, e muitos dizem que a oração é agora mais importante do que nunca, relata a Africa News.

Números mundiais

Ao fim da tarde desta segunda-feira registavam-se 4,851,435 casos de infecção dos quais1,881,864 recuperados. Já 318,035 pessoas morreram devido ao novo coronavírus.

(fonte: https://coronavirus.thebaselab.com/ às 17h30 de dia 18/05)

Sugestão do dia

A nossa recomendação de hoje é “da casa”. Paula (nome fictício) e Rodney Fernandes estão infectados pelo novo coronavírus e isolados num dos hospitais de campanha da capital. Ao Expresso das ilhas contam como descobriram, quais os sintomas sentidos e falam da ida para o isolamento e de como está a ser a rotina nesse espaço impessoal. A ler aqui.

image
image" style="box-sizing: inherit; border-style: none; margin-bottom: 0.5rem; border-radius: 0.25rem !important;

Anteriores:

16/03/2020 | 17/03/2020 | 18/03/2020 | 19/03/2020 | 20/03/2020 | 21/03/2020 | 22/03/2020 | 23/03/2020 | 24/03/2020 | 25/03/2020 | 26/03/2020 | 27/03/2020 | 28/03/2020 | 29/03/2020 | 30/03/2020 | 31/03/2020 | 01/04/2020 | 02/04/2020 | 03/04/2020 | 04/04/2020 | 05/04/2020 | 06/04/2020 | 07/04/2020 | 08/04/2020 | 09/04/2020 | 10/04/2020 | 11/04/2020 | 12/04/2020 | 13/04/2020 | 14/04/2020 | 15/04/2020 | 16/04/2020 | 17/04/2020 | 18/04/2020 | 19/04/2020 | 20/04/2020 | 21/04/2020 | 22/04/2020 | 23/04/2020 | 24/04/2020 | 25/04/2020 | 26/04/2020 | 27/04/2020 | 28/04/2020 | 29/04/2020 | 30/04/2020 | 01/05/2020 | 02/05/2020 | 03/05/2020 | 04/05/2020 | 05/05/2020 | 06/05/2020 | 07/05/2020 | 08/05/2020 | 09/05/2020 | 10/05/2020 | 11/05/2020 | 12/05/2020 | 13/05/2020 | 14/05/2020 | 15/05/2020 | 16/05/2020 | 17/05/2020

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,18 mai 2020 19:10

Editado porSara Almeida  em  11 ago 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.