Coronavírus: O dia em revista

PorSara Almeida,22 mai 2020 17:31

Registaram-se hoje quase 6 vezes mais recuperados do que novos casos de COVID-19: 35 altas na Praia vs seis novos casos. Dia de (relativamente) boas notícias, ensombrado pela questão da saúde mental dos nossos doentes internados e apoio que estará (ou não) a ser dado nos hospitais de campanha. . "Os doentes estão devidamente acompanhados".

“Houve doentes infectados com COVID-19 que se descompensaram do ponto de vista psiquiátrico, psicológico, nos outros centros e foram para o hospital de Trindade”, revelou hoje o PCA do Hospital do Agostinho Neto (HAN).

Júlio Andrade fez esta afirmação em conferência de imprensa sobre a COVID-19 no Hospital Agostinho Neto. Na mesma, adiantou também que os doentes, funcionários e familiares de funcionários do Hospital da Trindade infectados, e que quiseram ficar naquela instalação, têm tido uma “boa evolução” e vão-se iniciar exames, para poder dar alta a esses pacientes. Leia mais sobre a conferência do HAN aqui.

O director nacional de saúde, entretanto, garantiu no briefing diário que nos hospitais de campanha é prestado apoio psicológico... Porém, reconhece, aqui como em todo o mundo o impacto psicológico do confinamento, pode ser muito acentuado.

Quanto às queixas de internados de que não há assistência de um médico nos centros de isolamento e outras denúncias que têm sido feitas pelos internados, Artur Correia explica que os doentes são na sua esmagadora maioria assintomáticos, e há sempre a presença de profissionais de saúde, que comunica em rede. Os médicos visitam os espaços e são presença obrigatória na alta. "Os doentes estão devidamente acompanhados", garante.

No que toca à situação epidemiológica, ela é “satisfatória”, como definiu Artur Correia . A taxa de recuperação a nível nacional é de 36%, com 130 pacientes com alta em todo o país: todos os casos de São Vicente (3) e Boa Vista (53) e 74 na Praia. Hoje, dia em que surgiram seis novos positivos na Praia (indicando uma situação estacionária), há apenas 2 casos suspeitos também na capital.

No HAN (não contando a Trindade), mantém-se os casos já registados de dois médicos e dois funcionários. Os profissionais de saúde, que são pessoas que “dão o corpo ao manifesto” na luta contra as doenças infecciosas, vão ter direito a um reivindicado Seguro de Vida. O valor do mesmo, hoje anunciado pelo governo, é de 3 mil contos. Este seguro é um “acto e gesto de reconhecimento e de protecção” durante a pandemia da COVID-19, apontou o porta-voz do Conselho de Ministros, Elísio Freire.

“Acreditamos que com mais esta medida estamos a reforçar ainda mais a protecção dos nossos profissionais que merecem um reconhecimento da própria sociedade cabo-verdiana pelo extraordinário trabalho, mas assim como os profissionais de outras áreas que tem estado na linha da frente da luta contra o novo coronavírus”, acrescentou. 

O Seguro “saiu” do último, onde também foi aprovado o Projecto de Proposta de Resolução que altera o Programa Fomento ao Micro-Empreendedorismo. O objectivo desta revisão é "reforçar o financiamento das instituições de micro-finanças para que possam ter acesso a mais crédito, para que possam chegar a mais pessoas e possa promover-se mais emprego".

Na cultura, há mais um evento cancelado. A organização do Festival Internacional de Teatro, Sal EnCena, que este ano entrava em cena pela 8ª vez, informou que o mesmo foi cancelado, devido à pandemia da COVID -19. Pelo caminho, a ser retomado em breve, fica um cartaz que prometia uma edição muito interessante.

Reinventando, na “nova normalidade”, os espectáculos presenciais, a 13ª edição da mostra de cinema documental do Centro Cultural Português do Mindelo (CCPM), Maio Doc, vai acontecer de 25 a 30 deste mês. O evento decorre na Academia Livre das Artes Integradas do Mindelo (ALAIM), com medidas de precaução e lotação limitada.

COVID-19 no Mundo

A expectativa continua elevadíssima. Neste momento, decorrem mais de 100 pesquisas para encontrar uma vacina contra o novo coronavírus, que, na melhor das hipóteses, estará disponível no próximo no. Mas como destaca o the New York Times, descobrir a vacina é apenas uma peça do Puzzle. Depois é preciso produzi-la (em massa) e distribui-la.

O que é certo é que nenhuma empresa será capaz de satisfazer a procura global. E juntamente com uma vacina - ou melhor, várias - precisaremos também de todos os fornecimentos necessários, como seringas, ampolas e ligaduras; a escassez de qualquer uma delas poderá criar um estrangulamento, também – escreve o NYT. Uma coisa que a União Europeia espera que não se interponha no caminho: lutas por direitos de propriedade intelectual. Assim, a UE propôs um grupo voluntário para partilhar patentes de vacinas. Leia mais aqui (NYT).

A ONU lançou esta quinta-feira, a “Verificado”, uma iniciativa para combater o crescente flagelo de desinformação sobre a COVID-19, aumentando o volume e alcance de informação precisa e confiável, sobre a qual pode ler mais aqui.

Que o SARS-CoV-2 está em mutação já se sabe. E cada “salto” para cada país traz mais mutações. Na China, os médicos estão a detectar diferentes sintomas nos últimos casos de COVID-19 no país. O tempo de incubação e recuperação parece ser mais longo, mas deixa menos casos críticos. Os casos, pondera-se, poderão ser de contágios “importados” da Rússia. (El País)

Uma questão muito importante e à qual tem de ser dada urgente atenção: o impacto das medidas contra a propagação do novo coronavírus nas outras doenças. Hoje foi notícia em vários órgãos que a COVID-19 deixou 80 milhões de crianças sem vacinas e em risco de outras doenças. “Campanhas de vacinação contra o sarampo e a poliomielite foram particularmente prejudicadas devido à COVID-19. Organizações pedem que vacinação seja retomada o mais rapidamente possível. Caso contrário, corre-se o risco de «trocar um surto mortal por outro”, escreve o Público.

Números mundiais

Ao fim da tarde desta sexta-feira registavam-se 5,232,431 casos de infecção (5,151,240 ontem) dos quais 2,112,080 recuperados (cerca de 2,000,00 ontem). Já 335,636 pessoas morreram devido ao novo coronavírus (332,299 ontem).

(fonte: https://coronavirus.thebaselab.com/ às 17h12 de dia 22/05)

Sugestão do dia

O tédio do confinamento tem produzido efeitos secundários muito interessantes. Tem dado asas à criatividade. Desta vez o repto foi lançado por vários museus, entre os quais o museu J. Paul Getty em Los Angeles, que para manter vivo o interesse pela arte, desafiou nas redes sociais à recriação de obras de arte com objectos quotidianos da casa de cada um. Eis aqui alguns resultados (Via muhimu):

image

image

image

image

image

/////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

Anteriores:

16/03/2020 | 17/03/2020 | 18/03/2020 | 19/03/2020 | 20/03/2020 | 21/03/2020 | 22/03/2020 | 23/03/2020 | 24/03/2020 | 25/03/2020 | 26/03/2020 | 27/03/2020 | 28/03/2020 | 29/03/2020 | 30/03/2020 | 31/03/2020 | 01/04/2020 | 02/04/2020 | 03/04/2020 | 04/04/2020 | 05/04/2020 | 06/04/2020 | 07/04/2020 | 08/04/2020 | 09/04/2020 | 10/04/2020 | 11/04/2020 | 12/04/2020 | 13/04/2020 | 14/04/2020 | 15/04/2020 | 16/04/2020 | 17/04/2020 | 18/04/2020 | 19/04/2020 | 20/04/2020 | 21/04/2020 | 22/04/2020 | 23/04/2020 | 24/04/2020 | 25/04/2020 | 26/04/2020 | 27/04/2020 | 28/04/2020 | 29/04/2020 | 30/04/2020 | 01/05/2020 | 02/05/2020 | 03/05/2020 | 04/05/2020 | 05/05/2020 | 06/05/2020 | 07/05/2020 | 08/05/2020 | 09/05/2020 | 10/05/2020 | 11/05/2020 | 12/05/2020 | 13/05/2020 | 14/05/2020 | 15/05/2020 | 16/05/2020 | 17/05/2020 | 18/05/2020 | 19/05/2020 | 20/05/202021/05/2020

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,22 mai 2020 17:31

Editado porSara Almeida  em  11 ago 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.