Coronavírus: O dia em revista

PorSara Almeida,26 mai 2020 19:57

​Cabo Verde regista mais uma morte provocada pelo novo coronavírus: uma mulher de 55 anos que estava há alguns dias em estado clínico crítico no Hospital Agostinho Neto. Entretanto, hoje não foram identificados novos casos uma vez que, "por razões operacionais" não foi possível a realização de testes, informou o Instituto Nacional de Saúde Pública.

Não houve resultados, e, consequentemente, segundo a mesma nota, não houve conferência diária. Mesmo sem resultados de casos positivos, há como referido uma morte a assinalar, o pior resultado possível, portanto...

Posteriormente, o INSP explicou que as amostras não foram analisadas no Laboratório de Virologia porque no decorrer do dia 25 de Maio, registou-se um problema técnico com um novo pacote de testes recentemente chegado ao país.

Pela cidade da Praia têm sido montadas tendas que fazem testes rápidos para detecção de anticorpos do novo coronavírus. Ou seja, são testes que não fazem o diagnóstico da COVID-19, mas ajudam na identificação de eventuais casos que serão isolados para evitar a propagação da doença. Além disso vão permitir evidenciar o nível da circulação do vírus na comunidade, como referiu hoje o ministro da saúde em visita a uma dessa tendas.

Veja aqui o dia/local onde podem ser feitos os testes:

image

Foi hoje divulgado um estudo, realizado em Maio pela Afrosondagem, que mostra que 92% dos cabo-verdianos considera apropriadas ou totalmente apropriadas as medidas de prevenção à propagação da COVID-19 adoptadas pelo Governo.  Conforme o estudo, os santiaguenses “são praticamente” unânimes em considerarem as medidas do governo como sendo apropriadas com 94% de resposta favorável, seguidos pelos sanvicentinos com 91% de resposta. Por outro lado, entre os boavistenses esta proporção baixa para 80% e passa para 88% entre os salenses. Pode ler mais aqui

Duas semanas depois de ter recomeçado as ligações marítimas interilhas, a CV interilhas revelou os dados relativos ao transporte de cargas, passageiros e viaturas. Desde dia 11 que as ligações marítimas interilhas foram retomadas e, segundo a empresa, nestes 12 dias de trabalho a empresa apresenta resultados "de recuperação animadores com 8.840 passageiros e 5.800 toneladas de carga, incluindo 1.425 viaturas, transportadas" isto, apesar da "restrição na lotação em 50%", acrescenta a empresa.

COVID-19 no Mundo

É uma boa e uma má notícia simultaneamente. Uma situação bizarra”no combate ao coronavírus, na expressão é líder da equipa da Universidade de Oxford que está à procura de uma vacina. A questão é esta: o número de novos contágios no Reino Unido está a cair demasiado rapidamente e, a manter-se, isso poderá fazer com que a dada altura não existam pessoas suficientes para se poder testar a vacina. (Observador)

Haverá segundo pico/ vaga ou não. Bom, na Organização Mundial de Saúde não há consenso. Pode haver, tendo em conta que o vírus não desapareceu, tem uma forte capacidade de propagação, não existe vacina e não se conhecem fármacos plenamente eficazes. Prudência é preciso, portanto. Mas na OMS, dizia-se, dois "de dentro" dizem que há, uma destoa.  Michael Ryan, que lidera o programa de Emergências Sanitárias da OMS, disse na conferência de imprensa que deu nesta segunda-feira que é preciso "estar ciente de que a doença pode disparar a qualquer altura".

"Não podemos supor [que os números de novas infecções] vão continuar a descer e que teremos alguns meses para nos preparar para uma segunda vaga. Pode acontecer um segundo pico, como aconteceu noutras pandemias, como na da gripe pneumónica", disse Ryan citado pelo Expresso.

Também Maria Van Kerkhove, principal responsável técnica da OMS no combate à COVID-19, alertou que os estudos de seroprevalência já efectuados são poucos. 

"Se encontrar uma oportunidade, este vírus provocará surtos. Uma característica única deste coronavírus é a capacidade de se amplificar em certos ambientes fechados, com uma super-propagação, como temos visto em lares de idosos ou hospitais", disse Kerkhove.

 Entretanto María Neira desfez o consenso. Durante uma entrevista à rádio catalã RAC1, a directora do Departamento de Saúde Pública da OMS afirmou ser "cada vez mais" improvável a ocorrência de uma segunda grande vaga, embora tenha recomendado muita prudência. 

E adiantou que os modelos de previsão com que a organização trabalha "avançam muitas possibilidades, desde novos surtos pontuais a uma nova vaga importante, mas esta última possibilidade é cada vez mais de descartar".(Expresso)

Palavras boas, mas que não tranquilizam ninguém... se nem a OMS sabe, pelo menos passar mensagens convergentes... 

Números mundiais

Ao fim da tarde desta terça-feira registavam-se 5,646,287 casos de infecção dos  quais 2,408,746 recuperados. Já 350,141 pessoas morreram devido ao novo coronavírus.

(fonte: https://coronavirus.thebaselab.com/ às 19h32 de dia 26/05)

Sugestão do dia

A Sugestão de hoje é uma entrevista do Público ao imunologista Daniel M. Davis, autor do Incrível Sistema Imunitário (The Beautiful Cure, em inglês).

“Há sete coronavírus que infectam humanos e nunca tivemos uma vacina para nenhum deles”, diz ele ao jornal português . 

Eis o trecho:

“E qual a razão para demorar tanto tempo a desenvolver uma vacina ou outra forma de controlar o vírus?
Há cerca de sete coronavírus que infectam os humanos e nunca tivemos uma vacina para nenhum deles. Há muitas razões pelas quais isto não é assim tão simples. Quando se administra uma vacina, estamos, essencialmente, a dar uma versão morta do germe ou algumas moléculas que esse germe fabrica e o sistema imunitário deverá, então, responder a isso, para que possa reagir quando o verdadeiro germe apareça. Mas não se compreende muito bem ainda como se cria uma resposta imunitária boa e de longa duração (que perdure na memória imunitária)...

Anteriores:

16/03/2020 | 17/03/2020 | 18/03/2020 | 19/03/2020 | 20/03/2020 | 21/03/2020 | 22/03/2020 | 23/03/2020 | 24/03/2020 | 25/03/2020 | 26/03/2020 | 27/03/2020 | 28/03/2020 | 29/03/2020 | 30/03/2020 | 31/03/2020 | 01/04/2020 | 02/04/2020 | 03/04/2020 | 04/04/2020 | 05/04/2020 | 06/04/2020 | 07/04/2020 | 08/04/2020 | 09/04/2020 | 10/04/2020 | 11/04/2020 | 12/04/2020 | 13/04/2020 | 14/04/2020 | 15/04/2020 | 16/04/2020 | 17/04/2020 | 18/04/2020 | 19/04/2020 | 20/04/2020 | 21/04/2020 | 22/04/2020 | 23/04/2020 | 24/04/2020 | 25/04/2020 | 26/04/2020 | 27/04/2020 | 28/04/2020 | 29/04/2020 | 30/04/2020 | 01/05/2020 | 02/05/2020 | 03/05/2020 | 04/05/2020 | 05/05/2020 | 06/05/2020 | 07/05/2020 | 08/05/2020 | 09/05/2020 | 10/05/2020 | 11/05/2020 | 12/05/2020 | 13/05/2020 | 14/05/2020 | 15/05/2020 | 16/05/2020 | 17/05/2020 | 18/05/2020 | 19/05/2020 | 20/05/2020 | 21/05/202022/05/201023/05/202024/05/2020

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,26 mai 2020 19:57

Editado porSara Almeida  em  25 set 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.