Coronavírus: O dia em revista

PorSara Almeida,18 jun 2020 18:57

E já são mais de 800. No total, 823 casos diagnosticados de COVID-19, face ao aumento de 31 casos hoje. Trinta em Santiago, um no Sal (de onde só foram analisadas três amostras, salvaguarde-se).

823 casos acumulados.437 infecções activas.  Óbitos: sete.

Estes são os números gerais. E Praia encabeça todas as “entradas”. Tem até este momento 586 casos confirmados, 277 dos quais activos. Desses, 25 foram registados hoje. Um aumento grande, face à média, abaixo de dez, dos últimos dias. A capital regista quatro óbitos.

Depois da Praia, Santa Cruz é o segundo concelho com mais casos: 79 acumulados, 4 recuperados, 75 activos.

Segue-se em terceiro o Sal, que somou hoje mais um caso, em três amostras realizadas, e as cifras são: um óbito, 72 casos confirmados, dois recuperados e 69 activos. Mas ... como se sabe, há mais casos cujo contágio se deu no Sal mas que entram na estatística de outras ilhas, porque aí diagnosticados.

Santa Catarina também registou hoje mais três casos, passando para seis o número total (todos ainda activos)... 

Mais do que os números, que diariamente chegam, ao fim da manhã, em comunicado do Ministério da Saúde, a conferência diária que os repete (ou rectifica...) ao fim da tarde serve também para abordar outras questões colocadas pela COVID-19. Hoje, um tema em destaque voltou a ser as condições em que vivem as pessoas internadas nos hospitais de campanha. Director Nacional de Saúde diz que foram criadas as melhores condições possíveis mas recorda: "Nós não estamos em condições normais, estamos numa situação de epidemia".

regresso às creches (que, sim, já podem funcionar ...) está sujeito a uma série de medidas de higiene e distanciamento (o possível...). E o Governo de Cabo Verde, através do ministério da Família e Inclusão Social, reforçou as medidas obrigatórias de higiene e limpeza nas creches nacionais, auxiliando-as na aquisição de materiais de protecção e produtos de higiene, para o cumprimento do plano nacional de contingência devido a COVID-19. Uma ajuda que conta com o apoio das Nações Unidas e da UNICEF. Veja aqui também outras regras. Partilhar brinquedos? Isso era dantes...

Houve 596 pessoas detidas e mais de quatro mil contos em multas, por incumprimento das obrigações, durante o estado de emergência. Os dados constam no relatório sobre o estado de emergência, entregue pelo Governo ao parlamento. Praia, sem surpresa (pelo número de habitantes e tempo alargado de ee) lidera, com 517 detidos e 75% das coimas.

Um outro “relatório” de actividade. O Ministério dos Negócios Estrangeiros revelou em comunicado que já regressaram a Cabo Verde 684 pessoas que tinham ficado retidas no estrangeiro por causa da pandemia de COVID-19 que paralisou o sector dos transportes aéreos. A maioria veio de Portugal, de onde regressaram 318 pessoas, seguem-se os Estados Unidos e Brasil com 194 e 113 pessoas respectivamente. Do Senegal regressaram 54 cabo-verdianos. No total foram efectuados nove voos com fins de repatriamento.

Ontem já tínhamos aqui destacado uma parte da entrevista que o Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva deu à Rádio Morabeza, na qual se focava a questão da retoma das ligações aéreas. Hoje, a respostas pensadas para fazer face à quebra de receitas e aumento de despesas devido à COVID-19. Aumentos de impostos estão descartados, pois iriam “agravar ainda mais a situação económica”, e a solução terá de passar pelo endividamento externo, aponta o PM.

COVID-19 no Mundo

Já se sabe que instalações onde trabalham (e muitas vezes vivem) muitas pessoas têm elevado risco de contágio. A Alemanha detectou um grande surto de coronavírus na parte ocidental do país, precisamente nas instalações de uma grande empresa. Neste caso, foi a Tönnies, da indústria de carne e há pelo menos 650 pessoas infectadas. A empresa cessou as suas actividades e 7.000 pessoas foram colocadas em quarentena. Além disso, espera-se que a Tönnies retire do mercado alemão até 20% da sua produção. Gütersloh, o distrito afectado, encerrará escolas para impedir a propagação do vírus. (El País)

Por todo o mundo permanecem encerrados os espaços de diversão nocturna (que em Cabo Verde está previsto abrirem só em Outubro). Entretanto, procuram-se soluções para o seu funcionamento seguro. Pistas de dança com quadrados de separação e menos DJ’s nas cabinas, são algumas das medidas sugeridas pela Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP), que espera agora que as boas práticas permitam acelerar a abertura dos espaços nocturnos. (Público)

image

Depois de ontem falarmos da Dexametasona, que tem tido resultados positivos no tratamento de doentes graves, agora uma boa notícia para os doentes ligeiros ou assintomáticos. O consórcio Exscalate4CoV, apoiado pela União Europeia (UE), anunciou hoje que o raloxifeno, medicamento genérico usado para tratar a osteoporose, pode ser eficaz nesses casos leves a moderados de COVID-19, estando a testar este potencial. O Raloxifeno Generis, um medicamento utilizado no tratamento e na prevenção da osteoporose, nomeadamente em mulheres após a menopausa, parece “ser eficaz no bloqueio da replicação do vírus nas células, podendo assim travar a progressão da doença, em especial nos casos de detecção precoce ou assintomáticos". (Lusa)

Números mundiais

Ao fim da tarde desta quinta-feira, contabilizavam-se 8,512,272 casos de infecção em todo o mundo (8,326,141 ontem), 4,485,878 dos quais recuperados (4,356,750 ontem). O número de mortes é de 453,440 (448,034 ontem).

(fonte: https://coronavirus.thebaselab.com/ às 18h15 de dia 18/06)

Sugestão do dia

Meio ano a lidar com a doença já permite chegar a consensos sobre como ela se propaga”. Este artigo do Expresso.pt compila o que já se sabe sobre a transmissão do SAR-CoV-2. Um excerto:

Segundo os cientistas, não é muito comum contrair a doença através de superfícies contaminadas. Os encontros fugazes entre pessoas no exterior também formam uma amostra muito improvável de espalhar o próprio vírus. No entanto, já se sabe que os maiores culpados são os espaços fechados e as relações inter pessoais por um período longo de tempo. Eventos com uma vasta assistência ou espaços com um défice de ventilação, e onde haja pessoas a falar ou a cantar, maximizam o risco de propagação.

Anteriores:

16/03/2020 | 17/03/2020 | 18/03/2020 | 19/03/2020 | 20/03/2020 | 21/03/2020 | 22/03/2020 | 23/03/2020 | 24/03/2020 | 25/03/2020 | 26/03/2020 | 27/03/2020 | 28/03/2020 | 29/03/2020 | 30/03/2020 | 31/03/2020 | 01/04/2020 | 02/04/2020 | 03/04/2020 | 04/04/2020 | 05/04/2020 | 06/04/2020 | 07/04/2020 | 08/04/2020 | 09/04/2020 | 10/04/2020 | 11/04/2020 | 12/04/2020 | 13/04/2020 | 14/04/2020 | 15/04/2020 | 16/04/2020 | 17/04/2020 | 18/04/2020 | 19/04/2020 | 20/04/2020 | 21/04/2020 | 22/04/2020 | 23/04/2020 | 24/04/2020 | 25/04/2020 | 26/04/2020 | 27/04/2020 | 28/04/2020 | 29/04/2020 | 30/04/2020 | 01/05/2020 | 02/05/2020 | 03/05/2020 | 04/05/2020 | 05/05/2020 | 06/05/2020 | 07/05/2020 | 08/05/2020 | 09/05/2020 | 10/05/2020 | 11/05/2020 | 12/05/2020 | 13/05/2020 | 14/05/2020 | 15/05/2020 | 16/05/2020 | 17/05/2020 | 18/05/2020 | 19/05/2020 | 20/05/2020 | 21/05/2020 | 22/05/2010 | 23/05/2020 | 24/05/2020 | 26/05/2020 | 27/05/2020 | 28/05/2020 | 29/05/2020 | 30/05/2020 | 31/05/2020 | 01/06/2020 | 02/06/2020 | 03/06/2010 | 04/06/2020 | 05/06/2020 | 06/06/2020 | 07/06/2020 | 08/06/2020 | 09/06/2020 | 10/06/2020 | 11/06/2020 | 12/06/2020 | 13/06/2020 | 14/06/2020 | 15/06/2020 | 16/06/202017/06/2020

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Sara Almeida,18 jun 2020 18:57

Editado porSara Almeida  em  12 jul 2020 21:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.